17 maio 2017

Resenha: Beleza Perdida - Amy Harmon


Editora: Verus
Autor(a): Amy Harmon
Título Original: Making Faces
Páginas: 336
Skoob  / Comprar


Ambrose Young é lindo — alto e musculoso, com cabelos que chegam aos ombros e olhos penetrantes. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas, por ele ser tão bonito, Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose… até tudo na vida dele mudar.Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas — perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido.Este é um livro profundo e emocionante sobre a amizade que supera a tristeza, sobre o heroísmo que desafia as definições comuns, além de uma releitura moderna de A Bela e a Fera, que nos faz descobrir que há tanto beleza quanto ferocidade em todos nós.


“ Beleza Perdida” é um young adult maduro com uma premissa clichê escrito pela Amy Harmon e publicado pela Editora Verus.
“ É difícil aceitar que você nunca vai ser amado do jeito que quer ser amado.”
Nessa história temos a premissa de uma menina super apaixonada, Fern que acredita que seu amor nunca será correspondido pelo belo, carismático Ambrose, que prefere seus amigos e outras meninas que a tímida Fern, e ela estava bem com isso. Quando acaba o ensino médio e Ambrose se alista junto com seus amigos para lutar pelo seu país, ele não esperava que a guerra fosse muda-lo por dentro e por fora e talvez, a única pessoa capaz de penetrar em suas barreiras seja Fern.
“Todo mundo que é alguém se torna ninguém quando fracassa.”
É muito difícil não contar spoilers nesse livro, temos um salto no tempo e muitas mudanças. Sou muito fã dos clichês bem trabalhados e “ Beleza Perdida” é um excelente exemplo, partindo de um clichê teremos a história de como o amor pode transformar e mudar, aos poucos e lentamente.
Fern é tímida, trabalhadora, com um daqueles corações enormes. Insegura, ela nutre sentimentos secretos e só confessa para seu primo, Bailey, que é o seu único e melhor amigo. O relacionamento deles é único e me levou as lagrimas.
“Ambrose Young certamente nunca olharia para uma pessoa tão sem graça. Tudo sempre voltava para Ambrose.”

Ambrose é aquele personagem que leva tapas na cara e aprende demais ao longo do livro, até ver e notar o que realmente importa.Ele carrega seus tramas, culpas e dores, e isso te toca e magoa.
“Porque às vezes nos apaixonamos por um rosto, não pelo que está atrás dele.”
O romance é construído, lento, ingênuo, sutil, uma amizade que crescer e floresce. É lindo de ver não apenas o romance, mas todos os outros relacionamentos de amizade que temos nessa história.
“Você age como se beleza fosse a única coisa que faz as pessoas serem dignas de amor.”

Com cenas que me fizeram rir, suspirar e chorar, Amy Harmon pisou no meu pobre coração de leitora e me fez refletir sobre a beleza física, sobre sentimentos, arrependimentos, perdão e o que realmente importa na vida.
“Beleza Perdida” é um daqueles clichês que te dão tapas na cara.
 “Existe momentos assim, Bailey. Momentos em que você acha que não vai mais aguentar.Mas aí descobre que consegue. Você é durão. Vai respirar fundo, engolir só um pouco mais, aguentar só um pouco mais, e depois vai conseguir folego novo.”


Se vocês gostaram desse post, compartilhe com seus amigos e deixe seu comentário aqui embaixo, desta forma, você me ajuda a manter o blog atualizado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por lerem! Comentem e deixem seus blogs, vou visitar com toda certeza, e voltem sempre.

Design e Ilustrações por Ilustranos ♥ Desenvolvimento por Moonly Design