18 janeiro 2017

Resenha: O garoto do cachecol vermelho - Ana Beatriz Brandão


Editora: Verus
Autor(a): Ana Beatriz Brandão
Páginas: 277
Skoob  / Comprar

Uma história comovente, recheada de drama, suspense e romance
Melissa é uma garota linda, rica e mimada, que sempre consegue o que quer e tem todos na palma da mão. Ela acredita que a carreira de bailarina é a única coisa que realmente importa, porém suas certezas são abaladas quando faz uma aposta com um garoto misterioso, que parece ter como objetivo virar sua vida de cabeça para baixo. De repente, Melissa se vê dividida entre dois caminhos: realizar seu maior sonho, pelo qual batalhou a vida inteira, ou viver um grande amor. Mas, não importa aonde ela vá, todas as direções apontam para o garoto do cachecol vermelho... Com esta história intensa e apaixonante, Ana Beatriz Brandão vai emocionar e surpreender o leitor, provando que é uma jovem autora que tem muito a dizer.


Alguns livros tem uma fórmula simples para despertar seu interesse. É do seu gênero favorito –romance e suas inúmeras vertentes –, tem um nome, “ O garoto do cachecol vermelho” que parece ter uma conexão na história – e que a autora explica durante o livro – e uma sinopse atraente. Fui sem grandes expectativas, sem esperar um grande romance e encontrei um livro com uma lição linda, com um casal que escolhi com um dos melhores de 2016 e que me fez chorar demais.
“ O garoto do cachecol vermelho” é um romance, young adult, escrito pela brasileira Ana Beatriz Brandão publicado pela Editora Verus, com um trabalho lindo. O livro traz a vida de Melissa, uma bailarina egoísta, sofrida, egocêntrica, que não se importa com nada além de si mesma, grossa, fria, esnobe. Uma personagem daquelas odiosas e que você quer matar, um personagem que não tem como ser amado.
Num outro ponto temos Daniel, um menino de coração bom, que ama a todos, respeita as diferenças, que faz a diferença. Amado e querido, dono de uma voz incrível para ser compatível com seu coração. Quando numa noite de Ano Novo, eles se conhecem, se esbarram e Daniel descobre que Melissa tem que ser mudada, transformada, melhorada, ele imediatamente a escolhe.
E então, nasce um romance, um relacionamento transformador que faz com que tenhamos mais fé nesse sentimento tão difícil de ser acreditado. O livro passeia por inúmeras emoções e temos o melhor de ambos os personagens, suas personalidades tão tangíveis.
O final é triste,mas lindo, tocante, profundo, condizente embora não seja o desejado por todos nós, que nos apaixonamos por esses personagens.
Ana Beatriz Brandão se mostra uma autora jovem e repleta de capacidades, de nos tocar e emocionar, de nos envolver em suas palavras e retratar os seus sentimentos por essa história.
“ O garoto do cachecol vermelho” é um romance tocante, singelo e singular, que aquece e destrói seu coração, que nos faz pensar o quanto precisamos ser melhores do que somos.

"O amor é uma coisa estranha, é como areia movediça. Quanto mais lutamos para sair, mais profundamente nos vemos presos a ela."

2 comentários:

  1. Por que quebrar meu coração de emoção? Que resenha linda! Fiquei muito feliz em saber que gostou do livro, anjinha. Obrigada por todo esse carinho. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por me retornar o carinho deixando seu comentário.

      Beijos!

      Excluir

Obrigada por lerem! Comentem e deixem seus blogs, vou visitar com toda certeza, e voltem sempre.

Design e Ilustrações por Ilustranos ♥ Desenvolvimento por Moonly Design