13 outubro 2016

Resenha: A Flor da Pele - Helena Hunting

Editora: Suma de Letras 
Autor(a): Helena Hunting 
Título Original: Clipped Wings
Série: À Flor da Pele - Livro 1
Páginas: 336
Skoob  / Comprar


Tudo na tímida Tenley Page intriga o tatuador Hayden Stryker de um modo que ninguém jamais conseguiu: do cabelo longo e esvoaçante com aroma de baunilha até a curva suave do quadril... E o interesse dele só aumenta quando ela pede que ele tatue um desenho incomum em suas costas.Com seu jeito durão, Hayden é tudo que Tenley nunca se atreveu a desejar. A química entre os dois é instantânea e desperta nela o desejo de explorar o corpo escultural que há por baixo de tantas tatuagens. Traumatizada por um passado trágico, Tenley vê em Hayden a chance de um recomeço. No entanto, o que ela não sabe é que ele também tem segredos que o impedem de manter um relacionamento por muito tempo.Quando os dois mergulham em uma relação excitante e enfim passam a confiar um no outro, lembranças e problemas batem à porta — e talvez nem mesmo a paixão entre eles seja capaz de fazê-los superar seus traumas.


" Doce Tatuagem” foi a confirmação de que a ausência de expectativas é o que transforma algumas experiências em algo tão surreal. Numa das minhas andanças no Kindle, conheci esse pequeno prelúdio do que se tornaria uma das minhas séries mais queridas.

Em poucas páginas, somos apresentados a dois personagens tão ricos e sofridos, além de tangíveis que logo devorei “ À Flor da Pele”. Uma moça, Tenley e um rapaz, Hayden, com dores que se unem e se completam, com um romance lindo demais.
“ Éramos ambos escravos da culpa que carregávamos.”
“ À Flor da Pele” já parte de que você sabe que Tenley tem suas dores, um acidente levou toda a sua família e a deixou com cicatrizes no corpo e na alma, e ainda assim, da janela da sua nova casa, ela volta a vislumbrar alguma chama de vida ao ver do outro lado da rua um jovem tatuador, Hayden. Clichê, não é mesmo?

Hayden e Tenley se unem pela tatuagem, pelas dores que tem no passado, pela esperança de um futuro melhor, e por não desistir. Tenley foi uma grata surpresa, quando vislumbrei uma premissa de moça que sofreu, esperava uma protagonista fraca e reclamona, mas temos uma moça jovem, que tenta reconstruir sua vida,que continua estudando e sendo a melhor possível,que encara suas dores e seus medos, que abre mão de si pelos outros.
“Hayden era a personificação de tudo que eu não era, mas queria ser.”
Hayden, apesar de um jeito meio bad boy, tem um lado lindo e repleto de emoções, encontrando no seu trabalho, tintas e agulhas, um meio para superar o que ambos já passaram. Um ponto alto e forte do livro é que todas as centenas de emoções apresentadas não são sem razão, tudo é explicado e vivido, de maneira equilibrada.
“Eu estava começando a pensar em Tenley como minha. Pela primeira vez na vida, eu queria alguém para mim. E iria aceitá-la do jeito que viesse.”
O romance é gradual, forte, envolvente, que se torna lindo quando cada um se torna o porto do seguro do outro, porque eles se entendem e completam. A narrativa da autora flui,dividindo-se entre os dois protagonistas, te envolve e não é nada rasa, dosando romance, drama e cenas quentes. Um New Adult marcante e singular.
“Talvez fosse daí que vinha nossa conexão: estávamos ligados pela dor da perda.”

“À Flor da Pele” te dá uma mensagem linda de como o amor reconstrói o que é perdido e traz a tona também de que nem todos os livros românticos são vazios,eles apresentam uma bela carga de emoção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por lerem! Comentem e deixem seus blogs, vou visitar com toda certeza, e voltem sempre.

Design e Ilustrações por Ilustranos ♥ Desenvolvimento por Moonly Design