27 setembro 2016

Resenha: A Lista de Brett - Lori Nelson Spielman


Editora: Grupo Editorial Record - Verus
Autor(a): Lori Nelson Spielman
Título Original: The Life List
Páginas: 364
Skoob  / Comprar

Brett Bohlinger parece ter tudo na vida — um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente.Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe — seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis.Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência. E vai descobrir que, às vezes, os melhores presentes da vida se encontram nos lugares mais inesperados.


“A Lista de Brett” tinha tudo pra me conquistar e se tornar um daqueles livros memoráveis, uma dose de clichê, uma lição também clichê,mas que deve ser dita e aprendizados que qualquer ser humano encontra. E como quase todas as minhas últimas decepções literárias, o fim tem destruído tudo.
Brett é uma mulher acomodada na sua vida que ela já julga perfeita, com seu emprego, estabilidade. Até que sua mãe falece e para que Brett receba sua herança ela deverá cumprir alguns sonhos que escreveu na sua adolescência, sonhos que sua vida adulta destruiu e reencontrar um novo sentido pra sua vida.

Gostei da premissa da leitura, e logo no começo descobrimos sobre esse relacionamento entre mãe e filha e sobre como Brett precisa disso, numa confusão de sentimentos,você passa junto da protagonista por todas as suas etapas de dor, raiva, negação, carência e dúvidas. Talvez tenha sido uma das narrativas mais sábias que tenha lido, mas ainda assim no desenvolver da leitura, senti falta de equilibro da autora em dosar cenas e emoção.Brett gasta muito mais energia e tempo em alguns tópicos da lista que em outros sem uma real justificativa.



Embora o livro seja totalmente focado na protagonista, não posso deixar de sentir falta de mais detalhes sobre os secundários dando a eles um papel que é real em nossas vidas: como poderíamos crescer sem aqueles que nos cercam? 
Dessa forma, apesar de apreciar o crescimento da protagonista e a autora ter se mantido firme na sua proposta, achei que faltou um final mais digno. Brett é uma protagonista real pelas suas imperfeições, que aprende lições de maneira dura, e tem um final feliz mas rápido demais. 
“A Lista de Brett” vale pelas lições de crescimento, de seguir nossos sonhos e não perdermos nossa essência, mas como leitora senti muita falta não de uma excelente escrita, mas de ritmo e equilíbrio na narração e no desfecho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por lerem! Comentem e deixem seus blogs, vou visitar com toda certeza, e voltem sempre.

Design e Ilustrações por Ilustranos ♥ Desenvolvimento por Moonly Design