17 fevereiro 2016

Resenha: O Último dos Canalhas - Loretta Chase



Editora: Arqueiro
Autor(a): Loretta Chase
Título Original: The Last Hellion
Série: Canalhas - Livro 2(Brasil)
Páginas: 298
Skoob  / Comprar



O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela.Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça.Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insensatos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais.Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a derrota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.


O Príncipe dos Canalhas é um dos livros que mais gostei de “Romances de Época”, um livro com um relacionamento cão e gato, personalidades fortes e um casal nada convencional. Em “O Último dos Canalhas” da mesma série, temos algumas coisas em comum com o primeiro da série, porém temos inúmeros diferenciais.


Vere é o mais perfeito canalha e o último da sua família, não apenas porque os outros desistiram, mas muitos morreram. Vere vem de uma família de lordes canalhas, e quando se vê com um título e inúmeras responsabilidades, ele se torna cada vez mais boêmio. Em uma de suas noites de boemia, ele conhece Lydia, uma jornalista que escreve para um famoso jornal e escreve uma história com um pseudônimo masculino, bastante comum na época.

" E pensou o mesmo naquele momento, porque os sentimentos pertubadores permaneciam ali, sob o bolso do peito do colete, onde ele guardava um toco de lápis que ela havia deixado para trás na noite anterior."

Lydia é destemida, forte e luta pelos seus ideias, visitando e enfrentando o pior de Londres pelo jornal e pelo que acredita. Lydia cuida daqueles que são esquecidos e negligenciados pela sociedade. 
Rapidamente, Vere e Lydia, entre ódio,amor, tapas e beijos roubados se tornam uma dupla e tanto.

"(...) Nada menos que um canalha Mallory serviria para você"

Demorei a engrenar nessa leitura, isso porque o grande foco da autora durante uma grande parte do livro foi realmente essa parte de Londres que não aparece nos livros e que era esquecido pelas autoridades da época. Ela lida com ladrões, jovens desvirtuadas, mães solteiras, prostitutas e todos os lugares tenebrosos. É latente a preocupação da autora com essa parte da sociedade e mostrar o papel de Lydia em ser a guardiã e a justiceira de muitos, e é através disso que Vere se apaixona e se encanta.


Vere muda muito ao longo do livro, temos um personagem que tem medo de assumir suas responsabilidades e deveres, que tem medo dos erros que cometeu, que se culpa, mas que se salva através do amor. Porém, acima de tudo, Vere é o único que consegue se apaixonar por uma Lydia escondida embaixo de suas volumosas roupas pretas, suas interpretações, seus socos.

O relacionamento deles é tão divertido, único e envolvente quanto o de “O Príncipe dos Canalhas” e ele se tornou tão querido que não quis que terminasse. Temos um pequeno romance paralelo a esse, e temos novamente a presença de Lorde Dain e Jéssica(do outro livro), e uma ligação entre todos além da obvia que Dain e Vere são amigos.

Amo a narrativa de Loretta Chase, que vai da ação ao romance, de descrições a diálogos inteligentes e repletos de humor. A capa desse livro é linda, e esse foi o livro escolhido, copiando a Paola só um pouco, para um dos meus romances de época do desafio(até porque conheci o desafio através da resenha deste livro).


Recomendo “ O Último dos Canalhas” por seu romance não romântico, pela mistura de inúmeros sentimentos e emoções, além da narrativa da autora.

P.s. O Último dos Canalhas é o último da série e O Príncipe dos Canalhas o primeiro, eles podem ser lidos fora da ordem, mas pode ter uns spoilers.

Um comentário:

  1. Oi Ana, também estou amando esta série, e torço para que os outros volumes não demorem. A participação do Belzebu deu um toque muito especial e engraçado ao enredo.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir

Obrigada por lerem! Comentem e deixem seus blogs, vou visitar com toda certeza, e voltem sempre.

Design e Ilustrações por Ilustranos ♥ Desenvolvimento por Moonly Design