01 dezembro 2014

Resenha: A Escolha - Kiera Cass


Editora: Seguinte
Autor(a): Kiera Cass
Título Original: The One
Série: A Seleção - Livro 3
Páginas: 352
Skoob  / Comprar


A Seleção mudou a vida de trinta e cinco meninas para sempre. E agora, chegou a hora de uma ser escolhida. America nunca sonhou que iria encontrar-se em qualquer lugar perto da coroa ou do coração do Príncipe Maxon. Mas à medida que a competição se aproxima de seu final e as ameaças de fora das paredes do palácio se tornam mais perigosas, América percebe o quanto ela tem a perder e quanto ela terá que lutar para o futuro que ela quer. Desde a primeira página da seleção, este best-seller #1 do New York Times capturou os corações dos leitores e os levou em uma viagem cativante ... Agora, em A Escolha, Kiera Cass oferece uma conclusão satisfatória e inesquecível, que vai manter os leitores suspirando sobre este eletrizante conto de fadas muito depois da última página é virada.



Eu queria ler esse livro assim que ele foi lançado, em maio, mas preferi esperar os burburinhos acabarem para que eu finalmente pudesse ler sem tanta influência. Como desfecho, não tão desfecho assim, de uma trilogia que se tornou série, A Escolha é satisfatória num mar de erros.

Neste livro, América nossa protagonista está determinada a conquistar de vez o coração de Maxon e ser a vencedora da temida Seleção. Só que nada será fácil, com alianças cruéis, ataques dos rebeldes e verdades que virão à tona... America descobre que não é a única que tem chances.

Por ser teoricamente o último, não vou me estender em detalhes, espero que compreendam, caso desejem me procure nas redes sociais e dou spoilers e detalhes. A trilogia “A Seleção" se tornará série com o lançamento do quarto livro sem título oficial, mas intitulado "The Heir".


É visível e tangível o crescimento e amadurecimento da nossa protagonista, America finalmente acorda e decide lutar pelo seu amado. Nem sempre com boas armas, mas através dessas atitudes a autora mostra o quanto à personagem cresce e descobre suas verdadeiras funções. No decorrer do livro, a autora traz um foco maior à distopia e a America se torna um tanto Katniss (Jogos Vorazes), ela se torna um símbolo para a revolução que se instala.

O Maxon nesse livro, assim como America, deixa de ser um mero príncipe subordinado a um rei severo e passa assumir seu papel em uma sociedade. Gosto dessas mudanças que os personagens passam e que fazem eles finalmente focar no seu papel.

Mas apesar de todos esses prós, a história me foi muito desgostosa em alguns aspectos. Achei o livro muito rápido, esperava mais explicações, mais detalhes, esperava mais.

Além disso, eu fiquei muito chateada com uma coisa. Por que todo autor acha que para ser inesquecível tem que se tornar um serial killer? Isso me irritou demais além de me chatear.Claro que com reviravoltas, novidades e um que mais distopia. O livro me fez pensar em outros personagens além dos protagonistas, o que achei muito bacana, apesar de curto, ele se aprofunda.

O livro me emocionou sim, chorei, me entreguei e fiquei feliz além de irritada no final. Terminei querendo mais e quando uma semana depois saiu a noticia de que teria mais, me alegrei.Recomendo, é um fim que satisfaz apesar de ser bem longe do perfeito.


16 comentários:

  1. Oi, Ana!
    Li ele logo que foi lançado, e de fato, tive a mesma impressão que a sua. O livro é muito bom, mas acho que ficou rápido demais e com alguma conclusões pouco satisfatórias.
    Acho que tia Kiera tentou agradar todo mundo e acabou não ficando tão genial quanto achei que seria. Ficou meio clichê, e todas as minhas apostas para o fim aconteceram, ou seja não teve nenhuma grande surpresa. Mesmo assim, gostei. Esperando ansiosa pela sequência! *-*
    Beijos,
    Duda - My Little Wonderland

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana, eu queria estapear a America neste livro. Que demora para tomar uma decisão e falar qual era, dava muita raiva. Não esperava pelo final que teve, e senti por ele, mas é uma série que eu gostei muito.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  3. Que bom que temos aí finalmente um amadurecimento da America.
    Concordo e gostei muito do que você falou: "Por que todo autor acha que para ser inesquecível tem que se tornar um serial killer?" hahaha
    Ótima resenha! Bjs, Ana <3

    ResponderExcluir
  4. Tenho os dois primeiros livros e uma coisa pude observar, o primeiro definitivamente é o melhor. A elite é bom mais falta algo. Esse último ainda não li justamente com medo de decepcionar... ainda mais depois da noticia de que não é mais uma trilogia...aff. É bom que temos mais material? pode ser, mais isso me irrita.

    Vou ler o livro no futuro próximo só pra terminar esse "ciclo".

    bju

    ResponderExcluir
  5. Oiee.
    Essa série tem sido tão bem falada que fiquei curiosa em relação a ela, acho as capas lindas, mas a história em si não sei se vai me agradar.
    Pretendo ler o primeiro no começo do ano que vem, e caso goste eu continuo. Espero realmente gostar.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  6. Não posso negar que as resenhas e comentários sobre esta série me causam imensa curiosidade, mas ela tem como pano de fundo algo que não me agrada, reality show. As capas são lindas, mas ainda protelo em lê-la por conta deste pequeno detalhe =(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jois!
      O reality é bem fraca nessa série, então relaxe, o romance é o foco!
      E as capas são meu sonho de consumo na estante...
      Beijos e obrigada por comentar.

      Excluir
  7. Não curti muito o livro. É muito ruim quando o final de um livro não agrada não é?!

    ResponderExcluir
  8. oii, não sei se o meu comentário foi enviado

    ResponderExcluir
  9. Não curti muito o livro apesar de achar as capas nota 1000. Não gosto de livros que o final não agrada.

    ResponderExcluir
  10. Também fiquei em uma montanha russa ao ler esse livro. Aliás, não apenas esse livro, mas a trilogia inteira. No meu caso, sempre tendo a torcer para o primeiro cara do triângulo amoroso e, com esse, não foi diferente. Já em relação aos autores virarem serial killer, já me acostumei. kkkkkkk

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?

    Tenho muita vontade de começar a leitura dessa série, mas, como já disse em outro comentário, estou em uma dieta literária. Fiquei meio chateado por ter pego um spoiler na resenha, mas tudo bem! Adorei o post!

    Até mais,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Minha melhor amiga leu os livros e adorou. Ela resumiu pra mim do que se trata e eu fiquei bem interessada. Espero ter a oportunidade também.

    ResponderExcluir
  13. Oi Ana!
    Confesso que só li A Seleção e não tenho vontade de continuar com a série, rs. Os protagonistas não me chamaram tanta atenção, mas estou curiosa pra ler a nova série.

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Como ainda não me aventurei no mundo distópico, talvez comece por essa série.
    As capas são lindas demais!
    Bj.

    ResponderExcluir
  15. Quero muito ler essa trilogia dizem que é uma das melhores e pela sua resenha é boa mesmo, mas to um pouco por fora pq num li os primeiro livros, mas espero ler o mais rapido possivel, dizem que a personagem é marcante.

    ResponderExcluir

Obrigada por lerem! Comentem e deixem seus blogs, vou visitar com toda certeza, e voltem sempre.

Design e Ilustrações por Ilustranos ♥ Desenvolvimento por Moonly Design