04 setembro 2014

Ama-se ou Ana-se: É impossível ser feliz sozinho...



Oi, gente!
Faz um tempo que estou louca para trazer mais pensamentos e coisas minhas, logo essa coluna será semanal embora sem dia fixo, ok?
Aproveitem a leitura!


A maioria das pessoas me dizem que minha alma é velha... E talvez estejam certas. Ter mais idade do que realmente tenho é um fardo que carrego a tanto tempo que já não mais sinto seu peso.
Como alma velha que sou, escuto e leio coisas de almas velhas, e meu amado Tom Jobim já dizia: “ É impossível ser feliz sozinho...”.Frequentemente me questiono até que ponto sua frase é verdadeira.
A maior parte de mim crê nisso firmemente, a outra parte ignora. Mesmo sendo tão nova, como qualquer ser humano , não dou muita sorte com relacionamentos. Esse é um pensamento que  não surge com frequência e no meu caso só foi ocorrer quando ao contar os verdadeiros amigos não chegavam a todos os dedos de minha mão.
Cultivo bem perto todos que amo para que não se afastem, mas me afasto daqueles que por mais que amo, sei que não podemos ficar juntos. Amar não é sinônimo de irracionalidade, é sinônimo de pensar no melhor, para o outro e para si próprio.
Com uma frequência maior que o usual; gostaria que os relacionamentos humanos fossem mais perfeitos, ou mais previsíveis, uma ironia levando em conta nossa natureza.
Agora, que tal tentar ser feliz sozinho?

10 comentários:

  1. Achei bem legal essa coluna, Ana, assim ficamos sabendo mais sobre você, seus pensamentos, etc.
    Muito bom esse texto seu!
    Bjs <3

    ResponderExcluir
  2. Nossa que coluna linda. Adoro essa música também. E... também sou novo mais tenho pensamento e gosto de velho.

    ResponderExcluir
  3. Já gostei dessa nova coluna e gostei desse post.
    Eu também conseguiria contar nos dedos os verdadeiros amigos...

    ResponderExcluir
  4. Coluna super interessante, é sempre bom inovar no blog
    Também cultivo as pessoas que amo, mas também afasto aquelas que um dia já amei

    ResponderExcluir
  5. Já estou adorando a coluna, e já estou ansiosa pelos próximos post =)
    Já me falaram também que eu tenho a alma velha pelas coisas que eu gosto kkkk

    ResponderExcluir
  6. Q lindo!
    É sempre bom ler um pouco do seu Eu interior!
    E amei o nome da coluna!
    Ama-se ou Ana-se ficou mto lindo!!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Oiii
    Que texto bonito! Tenho que dizer que passo pelas mesmas coisas, sempre fui tida como a mais madura, a que possuía uma velhice incoerente à sua idade. E quanto aos relacionamentos... meus amigos são pouquíssimos e, na área amorosa: desastre. Não sei se é um alívio saber que outras pessoas passam por isso, ou se ainda mais desesperador. Mas sabe o quê, eu gosto de ficar sozinha, podem me chamar de antissocial e tudo, não me importo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Mandou bem nas suas palavras. É como diz aquela frase famosa: "Antes só, do que mal acompanhado".
    Precisamos ter esse discernimento de saber quando temos que no separar das pessoas.
    Adorei mesmo.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  9. Adoro seus textos! !

    Esse está bem legal ... esse texto me lembrou o livro "Não se apega, não " hahahaha, lembrei na hora .

    ResponderExcluir
  10. Adoro esses textos reflexivos,acho incrível conseguir expor um pouquinho de você e dos seus pensamentos para nos leitores.Gosto dessa coluna espero que passe a ser semanal mesmo :)

    ResponderExcluir

Obrigada por lerem! Comentem e deixem seus blogs, vou visitar com toda certeza, e voltem sempre.

Design e Ilustrações por Ilustranos ♥ Desenvolvimento por Moonly Design