08 julho 2014

Resenha: Fique Comigo - Harlan Coben


Editora: Arqueiro
Autor(a): Harlan Coben
Título Original: Stay Close
Páginas: 286
Skoob  / Comprar



A vida de Megan Pierce nem sempre foi um mar de rosas. Houve uma época em que ela nunca sabia como seria o dia seguinte. Mas hoje é mãe de dois filhos, tem um marido perfeito e a casa dos sonhos de qualquer mulher- e, apesar disso, se sente cada vez mais insatisfeita. Ray Levine já foi um fotógrafo respeitado, mas agora, aos 40 anos, tem um emprego em que finge ser paparazzo para massagear o ego de jovens endinheirados obcecados em se tornar celebridades.
Broome é um detetive incapaz de esquecer um caso que nunca conseguiu resolver: há 17 anos, um pai de família desapareceu sem deixar rastros. Todos os anos ele visita a casa em que a mulher e os filhos do homem esperam seu retorno.
Essas pessoas levam vidas que nunca desejaram. Agora, um misterioso acontecimento fará com que seus caminhos se cruzem, obrigando-as a lidar com terríveis consequências de fatos que pareciam enterrados havia muito tempo. E, à medida que se deparam com a faceta sombria do sonho americano - o tédio dos subúrbios, a angústia da tentação, o desespero e os anseios que podem se esconder nas mais belas fachadas -, elas chegarão à chocante conclusão de que talvez não queiram deixar o passado para trás.





Tenho muito o quê agradecer por vocês terem escolhido esse livro no “Vocês Escolhem”, estava tão desesperada por embarcar nas páginas de mais um livro do Harlan que não sabia por onde começar.E obrigada por ter me feito ler esse livro.

Comecei desanimada, o livro tem três núcleos que obviamente vão se encontrar:Megan Pierce, Ray Levine e Detetive Broome.Megan tem um passado desconhecido a 17 anos, um passado que ela desejava continuar mantendo escondido até que ela resolve revisitá-lo e isso mudará seu futuro.Ray Levine vive uma vida profissional medíocre como paparazzi contratado e o Detetive Broome é a 17 anos obcecado por um caso que ele nunca foi capaz de solucionar. Quando um novo assassinato surge, essas três pessoas se uniram de forma surpreendente.


“Poderia lamentar a própria vida, mas, pensando bem, para isso teria que se importar com ela.”

Seria mais que injusto da minha parte se eu falasse mais do que a sinopse e meu parágrafo anterior , qualquer detalhe que eu solte pode estragar a doce magia de se aventurar nessas páginas. Como sempre, o começo é mais lento, até que você entre na estória e comece a investigar junto.

Megan foi incrível, amei conhecer sua vida, seus pensamentos e me senti muito próxima. Ela é esperta, corajosa e batalhadora. Nada perfeita, mas sincera e honesta. Ray foi quem me enganou, achava que ele tinha algo podre no reino na Dinamarca e que nada, ele também não é perfeito, mas... Detetive Broome foi o detetive dos sonhos, desde Sangue na Neve, ansiava por um detetive que tivesse aquela essência de ir até o fundo, nunca desistir e acima de tudo, ter aquela sacada, entende?

O que mais gosto nos livros do autor é que o livro não é apenas um suspense policial impecável, mas também o livro fala da essência humana da pior maneira. Ele explora todas as camadas, todos os lados, até onde a mente vai, até onde o corpo vai e até onde somos capazes de mentir. Gosto dessa característica do autor de explorar o melhor e o pior da natureza humana, sem ser superficial ou demasiadamente profundo.


“A esperança pode ser a coisa mais cruel do mundo.”

Harlan Coben é um autor equilibrado, que cria livro após livro –de um gênero que tinha tudo para acabar com seu estomago –e você consegue ler,apreensivo, mas de forma tranquila. Nenhuma cena violenta é explicita e nada foge do padrão. Além disso, Harlan Coben me dá aquela doce impressão: poderei ler todos os seus livros e vou me surpreender com todos eles.

Fique Comigo traz um tema latente de forma bem diferente: a violência contra as mulheres. Gostei do que o autor usou o tema, do final, da profundidade e equilíbrio que ele dá a todas as suas páginas. Assim como Cilada, senti saudades no final e louca para ler o próximo.


“Algumas pessoas,por mais fácil que seja o caminho reservado para elas na vida, encontram uma maneira de estragar tudo.”




20 comentários:

  1. Todo mundo elogia o Harlan Coben, então fiquei curiosa com esse livro.
    Um tema que gosto muito em um livro: a violência contra as mulheres, muito difícil ver um, só pode ter ficado ótimo.
    Boa resenha! Bjs <3333

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana!
    Adorei a resenha. Estava procurando um livro do Coben para começar a entrar no mundo do autor, e acho que esta é uma ótima opção.
    Violência contra as mulheres é uma coisa que eu realmente queria ler sobre. Ta aí, entrou na minha listinha <3
    Beijos,
    Marcela.

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li nenhum livro do Harlan Coben, tenho um livro dele aqui na minha estante e agora fiquei tentada a ir lê-lo mas ainda tenho que terminar de ler o livro que comecei. Gosto de livros de suspense e principalmente daquele que mostra o ser humano como ele realmente é, a sua essência, acho que é por isso que fiquei tão interessada em ler algo desse autor depois que li a sua resenha.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Nunca li livros do Harlan. Pela sinopse inicial, não gostei do livro, mas quando li a sua resenha mudei de ideia.
    Não leio muitos livros desse gênero, mas esse parece ser muito bom. Principalmente porque há mistério envolvido.

    bjs

    elisamarodrigues@live.com
    https://www.facebook.com/elisamarl

    ResponderExcluir
  6. Oiee
    Acredita que nunca li nada do Harlan Coben mas adorei a resenha desse livro.
    Já tenho uns três livros dele na minha lista de leitura mas até agora não tive tempo pra nenhum deles.
    Amo uma boa trama policial e se tiver suspense,como nesse caso,melhor ainda.Quero muito saber o final desse livro!
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Já tentei ler Harlan Coben e desisti.... não sei se estava num dia ruim, mas a questão é que achei tudo chato: personagens, narrativa, diálogos... Tentarei de novo, só não sei qdo.

    ResponderExcluir
  8. Oi Ana! Morro de vontade de ler algum livro do Harlan Coben, mas ainda não li nada.
    Fique Comigo, Cilada e Confie em mim são os que mais me chamam a atenção.
    Adorei a resenha.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Sobre o comentário da Jois Duarte: por favor, não desista de Harlan Coben! Talvez você não estava em um dia bom, mas pegue o livro pra ler quando estiver disposta!
    Eu amo Harlan Coben e ele é um dos meus autores favoritos, de longe. Estou louca para ler todos os livros lançados aqui no Brasil e esse está na lista. Violência contra mulher é uma ótima premissa e gostaria de ver como ele desenvolveria esse tema.

    ResponderExcluir
  10. Nunca li nada do autor, mas já vi tantas resenhas positivas sobre os livros dele que quero muito ter a chance de conhecer a escrita dele.
    Quanto a esse livro, parece perfeito, gostei enredo, apesar de eu não ter gostado muito dessa capa.

    ResponderExcluir
  11. Ainda não li nenhum livro do autor.mais pelo o que vc descreveu já quero ler. Muito bom sempre se surpreender em cada livro do autor.Já quero ler!

    ResponderExcluir
  12. Fique Comigo .... Sinceramente amei o nome do
    livro me chamou atenção
    pra leitura de quem sabe em breve ser
    deus quiser . Não é ? A esperança pode ser a coisa mais
    cruel do mundo. Esta frase do livro me chamou .... me
    chamou e meu chamou porque estou vivendo um fase
    da minha vida que ela esta toda resumida nesta frase

    ResponderExcluir
  13. Tenho muita vontade de ler algum livro deste autor, e o enredo deste pareceu bem interessante. Gosto muito de livros onde a vida de personagens acabam se mesclando devido a alguma coisa. Adoro estórias com investigações e fiquei curiosa com esta, para saber como este mistério será desvendado. Deve ser um livro que prende bastante o leitor! Acho que vou ler este, como primeiro do autor. :)
    beijos!

    ResponderExcluir
  14. Ai que livro hein, eu estou louca para ler ele, e claro os outros livros do Harlan Coben, eu ainda não li nenhum livro dele, mas espero poer ler em breve, adoro esses livros com assassinatos, pessoas com segredos, que se ligam de alguma forma, adorei a resenha.
    Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  15. É um tema realmente muito sério, admiro quem mergulhe e se informe sobre isso. Prefiro leituras mais leves, aonde eu possa me desligar da realidade que já é séria e sofrida.

    ResponderExcluir
  16. Gosto bastante da escrita do Harlan, mas ainda não li esse livro. Gostei bastante da premissa da obra e fiquei com uma vontade enorme de lê-la.
    O que mais gosto nos livros do Harlan é que ele sabe construir muito bem os personagens.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho

    ResponderExcluir
  17. Só tenho um livro do Coben até agora e com ele na Bienal, queria comprar mais alguns.
    Porém todos me parecem interessantes, por eu gostar do gênero kkkkkkkk
    Este por exemplo me chama bem a atenção e parece que foi muito bem escrito, assim como a história parece bem envolvente.

    ResponderExcluir
  18. São poucos os autores que tem esse equilíbrio que o Harlan tem. Desde as primeiras páginas de suas tramas, percebemos que ele tem controle total sobre suas personagens e histórias. Assim como você, também admiro essa característica de "humanizar" as personagens. Enfim, mais um do autor que quero ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  19. Olá...Li bastante comentários sobre o livro e confesso que descobri o serial killer antes de chegar ao final

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Thel!
      Infelizmente, não descobri até o fim, fico só nas suspeitas.
      Beijos e obrigada por comentar!

      Excluir

Obrigada por lerem! Comentem e deixem seus blogs, vou visitar com toda certeza, e voltem sempre.

Design e Ilustrações por Ilustranos ♥ Desenvolvimento por Moonly Design